Lumia Conversations

Siga-nos

Aparelho

Novidade na área: Nokia Asha 305 chega ao Brasil

09 de agosto de 2012

0
0

Novidade na área: Nokia Asha 305 chega ao Brasil

0
0

09 de agosto de 2012

Que tal um celular com acesso à internet, redes sociais e dois chips por um preço bem bacana? Os novos celulares da Nokia que estão chegando às lojas são assim: modernos, com recursos de smartphone, mas precinho de celular comum.

O Nokia Asha 305 já chega às lojas chamando atenção pelo preço: R$ 299. Olhando esse precinho, nem dá para acreditar em tudo o que ele faz. Já começa pela tela de 3” touch oferece uma interface renovada, baseada no conceito “swipe” (lembra do Nokia N9?): basta arrastar os dedos pela borda da tela para alternar entre tela com principais atalhos e contatos, discador ou rádio  e menu com todos os aplicativos.

Olhando todas as funções que o Asha 305 oferece, temos certeza que muita gente vai ficar feliz em ter ele. Olha só:

- Compatível com dois chips e a exclusiva função “troca rápida de chip” (Easy Swap), que permite trocar um dos chips com o telefone ligado.

- Configuração de até 10 contas de e-mail pessoal, além de acesso aos aplicativos de redes sociais como Facebook, Twitter, Orkut e afins.

- Para os gamers, a notícia é ainda melhor.  Tá liberado o download de 40 jogos gratuitos via internet da Electronic Arts, disponíveis na loja de aplicativos da Nokia. Entre os principais títulos estão FIFA, Need for Speed e Tetris, além dos outros que a gente não vai contar agora para o post não ficar grande.

Ainda tem aquelas coisas que agradam todo mundo, né? Tipo o aplicativo Nokia Mapas em uma versão especial com localização de posição e pontos e criação de rotas, a câmera de 2 megapixels, o cartão de 2GB, e o Navegador Nokia para internet, que comprime em até 90% a quantidade de dados trafegados tornando a navegação mais rápida e prática além de otimizar o pacote de dados dos usuários.

Se você já quer um desse para chamar de seu, vale procurar nas lojas físicas da Nokia ou diretamente na loja online.

comments powered by Disqus